Diana Sá Carneiro: “O que nos deixa muito felizes é ver a projeção dos nossos alunos serem reconhecidos em grandes escolas europeias, e outros já a trabalharem como bailarinos profissionais”

posted in: Desporto | 0
Foto: Revista Rua

 

Diana Sá Carneiro e o marido Pedro Andrade tiveram um sonho há já vários anos e deram um presente à cidade de Braga. O nascimento da escola de dança Ent’Artes trouxe até à cidade a vontade e a paixão pela dança.

Hoje, falamos com Diana Sá Carneiro sobre o que ainda está para vir…

Em primeiro lugar qual é o principal objetivo da Ent´ Artes?

A Ent´Artes- Escola de Dança tem como objetivo, desde sempre, primar ao máximo pela qualidade do ensino e formação que proporciona. A escola orgulha-se de trabalhar com uma equipa de profissionais de excelência e renome e dar uma resposta  de qualidade  a todo o  público que nos procura.

Trabalhamos a  vertente lúdica da dança,  pois temos crianças e jovens que fazem não mais que uma aula por semana, no entanto, e a partir do momento que alguns dos nossos alunos querem ter uma carreira profissional no mundo da dança, nós temos de ter capacidade de lhes dar essa possibilidade. Nestes casos a escola tem um programa de estudo intensivo no qual os alunos poderão trabalhar diariamente várias horas por dia com diversos professores e diversas disciplinas essenciais à sua formação.

 A escola de dança é muito versátil com várias faixas etárias acha que é um ponto bastante positivo perante a concorrência?

Inicialmente a Ent´Artes tinha apenas ballet e dança contemporânea como oferta, no entanto, e ao longo dos últimos anos, as solicitações para outras disciplinas que não o ballet foram uma constante. Tenho a certeza que esta procura é o reconhecimento do trabalho de qualidade que oferecemos. De momento a Ent´Artes- Escola de Dança conta com os melhores profissionais a lecionarem aulas dos 3 anos até à  idade adulta em ballet clássico (incluindo repertório, pontas, pas de deux e técnica masculina), dança contemporânea, oficinas coreográficas, jazz, carácter,hip-hop, bollywood, preparação física, PBT- Progressing Ballet Technique,  yoga e meditação,  e ainda ginástica acrobática. A escola tem ainda trabalho dirigido especificamente para adultos nas disciplinas de ballet clássico e contemporâneo.

Foto: Revista Rua

Com esta situação da pandemia da covid 19 como é que conseguiram manter os seus alunos em atividade?

A Ent´Artes “fechou”  as portas  a 12 de Março… no entanto nunca nenhum aluno nosso se sentiu abandonado. A Ent´Artes trabalhou, desde logo,  com a mesma vontade e empenho de sempre  e todos os nossos alunos, desde a baby class até às turmas de adultos, continuaram a ter o acompanhamento dos seus professores à distância e na plataforma zoom. Alguns dos nossos alunos tiveram até a oportunidade de fazer e experimentar  aulas que normalmente não frequentavam. Houve um compromisso de todos em conjunto:  alunos, famílias e professores. Estamos muito gratos a todos pela força de vontade com que trabalharam.

Adiamos, infelizmente,  muitos projetos…  imensas  subidas a palco ficaram pelo caminho mas ao mesmo tempo orgulhámo-nos muito do caminho que nos últimos 4 meses foi construído:

Lançamos o  “Dançar em Casa”, um programa  de aulas on-line que iniciou a 18 de Março e que permitiu a todas as nossas turmas dançarem a partir das suas casas. Surgiu a “Plataforma Ent´Artes” que apoiou o trabalho da escola na formação e aperfeiçoamento a nível clássico e contemporâneo. Foram lecionadas 36 masterclasses na sua grande maioria por  bailarinos, professores e criadores portugueses. Não deixamos passar em branco o Dia Mundial da Criança e através do projeto Dança+ celebramos esta data tão importante para todos e em especial para nós que enquanto escola trabalhamos com os mais pequenos. Durante uma semana foram organizadas, à distância, exposições com os trabalhos de artes plásticas dos mais jovens, masterclasses e mesas redondas. Os  alunos de regime intensivo, cujo calendário de competições e cursos  foi totalmente  cancelado, foram integrados num novo plano de competições (desta vez on-line). Foram obtidos diversos pódios e bolsas tanto em competições a nível nacional como também nos EUA, México e Brasil. Vimos uma nova criação da Escola, “Paredes que me Sussurram” ser selecionada pelo Município de Braga no âmbito do programa ACTUM.  E como não podia deixar de ser o ano letivo terminou com um espetáculo on-line. O  nosso “Porta 10” deu o mote ao início das celebrações da primeira década da Ent´Artes e juntou perto de uma centena de alunos a partir das suas casas. Ou seja, apesar de toda contingência metemos mãos à obra e demos a volta à questão.

Agora com a reabertura, mas com restrições, sentem que as pessoas ainda têm receio de ir treinar?

Inevitavelmente “paira algum receio no ar”… As inscrições estão já abertas e a adesão é positiva mas percebemos no discurso dos Encarregados de Educação que existe algum medo. Dia 7 de Setembro iniciaremos o ano letivo, com todas as medidas de higiene e segurança necessárias que estes tempos obrigam,  e esperamos receber todos os nossos antigos e novos alunos. Ao longo dos últimos 4 meses  fomos  falando com os Pais mas também com as crianças e jovens e percebemos que  a ansiedade de voltarem aos estúdios e palcos é enorme!

 

 Algo que ilustra a qualidade do ensino foi sem dúvida as setes medalhas ganhas no concurso que teve provas de ballet clássico e contemporâneo, qual é o sentimento após essas conquistas?

 Na realidade todas as medalhas obtidas pelos nossos alunos  são um enorme orgulho pois é sem dúvida o reconhecimento da qualidade com que trabalhamos. A escola conta com já mais de 400 prémios ao longo dos últimos  anos e considero que  o sentimento se traduz numa vontade de fazermos cada vez mais e melhor. O que nos deixa muito felizes é ver a projeção dos nossos  ex- alunos a serem reconhecidos em grandes escolas europeias, e outros já a trabalharem como bailarinos profissionais.

Foto: Revista Rua

 

Qual foi o segredo para essas conquistas, visto que, a escola esteve fechada por muito tempo?

 Tal como referi anteriormente apesar da escola ter estado de portas fechadas o acompanhamento aos alunos foi uma constante. Para além de todas as aulas e masterclasses referidas os alunos de regime intensivo tiveram ainda  um acompanhamento e trabalho de coaching particular (sempre à distância) por parte dos professores. Em termos de resultados estes acabaram por ser os melhores possíveis  e em todas as competições on-line em que  participou  a escola obteve prémios e lugares de destaque.

 Após essas conquistas é possível sonhar com mais prémios dos alunos de frequentam a escola?

Mais do que os prémios  sonhamos em dançar muito e cada vez melhor. Queremos   encher teatros e auditórios de público que fiquem felizes de nos poder ver.

 

Acredita que existe potencial para a conquistas de provas internacionais?

Trabalhamos sempre com objetivos  nacionais e internacionais a nível de concursos e competições. A qualidade da  Ent´Artes – Escola de Dança foi já reconhecida por aquele que é o maior concurso para jovens bailarinos do mundo, o Youth America Grand Prix- YAGP. Em 2016 a escola foi apurada para a grande final em Nova York e voltou para casa de coração cheio pois vimos o nosso antigo aluno João Pedro Freitas ser o único europeu, na sua faixa etária,  a subir a um lugar de pódio como solista. Entretanto a escola, para além de prémios obtidos  em França, Alemanha, Áustria e Itália foi também galardoada com bolsas de estudo nas maiores escolas de dança do mundo.

Qual é as garantias que a escola dá para quem pretende vir a frequentar a escola de dança?

Para quem pretende frequentar  a Ent´Artes – Escola de Dança garantimos profissionais de excelência no ensino da dança e inteiramente dedicados ao projeto da Ent´Artes, quer os objetivos dos alunos sejam lúdicos ou de carácter profissionalizante. Estamos de portas abertas para todos aqueles que nos queiram visitar e conhecer. A escola está atualmente com instalações novas e de última geração para o ensino especializado da Dança, e desejosa que o próximo ano letivo seja  preenchido de muitas alegrias.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *